Desde a primeira hora que o atual Executivo da União das Freguesias de Barreiro e Lavradio considera o lixo e os monos um problema na sua freguesia. Não é um problema somente desta freguesia, trata-se de uma questão transversal, resultante de diversos fatores: aumento do consumo, crescimento da população, reabilitação crescente do parque habitacional, entre outros. 

Mas é um problema que tem de ser combatido, trabalhando a comunidade de forma pedagógica, mas também através de meios e recursos técnicos.

A União das Freguesias de Barreiro e Lavradio tem na esfera da sua competência a varrição das ruas, contudo, este trabalho encontrava-se fortemente comprometido pela colocação indevida de lixo nas envolventes das ilhas de recolha.

Conscientes desta realidade, procurámos estar sempre do lado da solução, equacionando formas de mitigar o problema, de modo a proporcionar uma melhor higiene urbana e, logo, uma maior qualidade de vida à sua população.

É neste contexto que é desenhado o projeto FREGUESIA VERDE.

Quais são as principais atividades/braços do projeto?

  • Aquisição de uma viatura de recolha de monos não agendados e higienização das envolventes dos contentores: esta viatura foi adquirida com o apoio da Câmara Municipal do Barreiro, a qual disponibilizou 50% do valor total de aquisição e 1 recurso humano.
  • Aquisição de ferramentas de higienização das envolventes às ilhas de recolha de resíduos orgânicos e reciclados;
  • Campanha de sensibilização junto da opinião pública: fotos, mensagens e vídeos a partilhar nas redes sociais, recorrendo a pessoas da freguesia (dirigentes associativos, comerciantes, autarcas, trabalhadores da Junta da Freguesia e munícipes no geral), apelando a uma colocação responsável dos resíduos, nos respetivos locais;
  • Merchandising: ímanes, cartazes e folhetos de sensibilização a distribuir em locais de maior frequência, bem como pelas escolas;
  • Ações de sensibilização nas escolas e IPSS: informar a população sobre as práticas mais corretas de colocação do lixo, dos resíduos para reciclagem e dos monos;
  • Ações de rua com as escolas: manifestações de rua, organizadas pelas crianças de 1º ciclo contra o “lixo e monos”.

O projeto já se encontra no terreno, no que diz respeito à recolha de resíduos, bem como à conceção da campanha de sensibilização.

Em 4 meses foram recolhidos 84440kg de MONOS E LIXO INDIFERENCIADO, com viatura própria, a qual sai 3 vezes por semana. De salientar o estreito trabalho de articulação realizado com a Divisão de Resíduos da Câmara Municipal do Barreiro, de modo a não se verificar sobreposição de tarefas.

O Slogan do projeto é:  LIXO NA RUA NÃO, TU FAZES PARTE DA SOLUÇÃO!